terça-feira, 10 de agosto de 2010

Foi no sábado passado...

Há tempos que estava para acontecer. A Clarinda e o Manel são nossos irmãos, ela e eu irmãos de sangue, os afins por ... afinidade,
Foi aqui, em Palmela, arredores, na nossa casa, que decidimos que o almoço havia de ser. As duas filhas deles quiseram estar. Por algum tempo. A nossa filha, marido e seus dois filhos presentes também.
No muito que se falou - a conversa chegou ao dia seguinte - tinha de "vir à baila" o nosso Colégio de Medelim. E o de Penamacor. E o nosso Blog.
Recordámos também o João Adolfo, a Trindade, o Honorato, a Natália, a Luísa... e tantos outros. Sempre com uma exclamação feliz ou uma sonora gargalhada. O Manel e a Clarinda ainda cantaram e as suas vozes bem nos confortaram. Estávamos precisando de as ouvir.
Passou-se pela recordação de alguns professores e funcionários, e, como não podia deixar de ser, veio "a talhe de foice" a "educadora de infância" que ensinava Francês e "punha os olhos em bico" à rapaziada com as suas competências no trato com o filho do Eng. Ressurreição. Ah! João! Que gargalhadas se soltaram!
Depois mais uns pormenores de que ouvi falar, há muitos, muitos anos... e que já esquecera.
Mas não vêm p'ró caso.
Isto só para vos dizer que há gente que gosta de vós. O que não ignorais. Mas faz sempre bem ouvir a confirmação.

1 comentário:

Prohensa, j. adolfo disse...

Belas músicas!... Quantos bailaricos!... Belos tempos!
Quanto à Clarinda e ao Tó Manel estive um pouquinho com eles este ano. Já há muito que não nos víamos, não deu para por as conversas em dia, eles estavam de passagem e levavam mais gente no carro...
Espero encontrá-los, se não for antes, no próximo dia 14 de Maio.
Um abraço e beijinhos para eles.
Obrigado Prof Serrano e um abraço também para si.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...